Retrospectiva do Pinguim 2020 – será que o ano foi tão ruim quanto disseram?

Como num piscar de olhos, o ano se fechou novamente. E ao contrário da crença comum, é realmente agora que a década de 2010 se fecha, e não em 2019.

Ao contrário do que tantos post das redes sociais pareceram dizer, eu não considerei 2020 o “ano perdido” da pandemia. Muito pelo contrário: ao olhar para trás e averiguar tanto os momentos positivos quanto os negativos, posso ver que o output do ano foi melhor do que o esperado. Porém, é da natureza primal do ser humano “esquecer-se” dos momentos bons e focar nos aspectos ruins da vida, o que nos torna pessimistas por natureza.

Estes aspectos causam nossa percepção a ser distorcida, e ao passo que nós podemos, sim, utilizar os nossos erros pessoais cometidos como uma ferramenta para apenas melhorar nossas vidas, a maioria de nós reage de forma negativa quando pensando demais nestes pontos negativos, podendo eventualmente até tocar na depressão.

Portanto, é importante de vez em quando parar e olhar para trás na sua próppria trilha e as coisas que você conquistou para identificar as coisas boas que aconteceram dentre os acontecimentos ruim. Não precisa ser no fim do ano ou porque é fim do ano – fazer esta revisão com regularidade pode ser uma fonte de felicidade e gratidão generalizada. É um ótimo exercício para o seu bem estar a longo prazo.

Para começar e exemplificar este experimento, neste post faço um recap das coisas boas que aconteceram comigo em 2020, embora a percepção majoritariamente ruim deste. Simbora!

Continuar lendo “Retrospectiva do Pinguim 2020 – será que o ano foi tão ruim quanto disseram?”