Educação Financeira #2 – Como começar a Investir?

Abril é o mês da Educação Financeira no Pinguim Investidor! Veja mais posts desta categoria aqui.


No post passado, mostrei quais são os conceitos básicos na educação financeira. Vimos o que é cash flow, como se acumula o patrimônio até chegar na renda passiva, o que pode te possibilitar a atingir a independência financeira.

O investimento é central para atingir esta meta: sem ele não é possível obter renda passiva. Por isso, muitos ao descobrirem a educação financeira começam a focar toda as suas energias para o ato de investir, procurando estudar a fundo a melhor forma de investir, os melhores produtos e rentabilidades com menor risco.

Este approach não necessariamente é ruim, mas acaba por omitir alguns passos importantes do processo, que é a preparação antes do investimento. Desta forma, a pedidos de outro leitor, escrevi este guia rápido para explicar quais cuidados e preparação você deve tomar antes de começar a entrar no mundo dos investimentos.

Continuar lendo “Educação Financeira #2 – Como começar a Investir?”

Camadas de segurança contra emergências financeiras

A análise de risco é essencial para se manter uma mente tranquila e evitar surpresas que venham a danificar o seu patrimônio. Aumentar a segurança financeira requer reposicionar e repensar as utilidades e liquidez de cada ativo do patrimônio, e assim tentar obter o patrimônio mais eficiente e seguro possível. O conselho que geralmente é passado é o passo a passo do: saia das dívidas, monte uma reserva de 3 a 6 meses de salário e a partir daí comece a investir.

Neste post, compartilho a estratégia que tenho utilizado para posicionar meus contingentes de emergências financeiras através do conceito de camadas, tal como utilizado no âmbito da segurança da informação.

Continuar lendo “Camadas de segurança contra emergências financeiras”