podcast do pinguim

Podcast do Pinguim: a tragédia de ganância e sardinhagem da Atlas Quantum

Em 2019, a arbitradora de criptomoedas Atlas Quantum se tornou alvo de investigação da CVM por ter sido acusada de organizar um esquema de pirâmide financeira. Investidores foram atraídos por promessas de ganhos astronômicos e, quando seus rendimentos foram caindo e se tornando prejuízo, tomaram uma grande surpresa ao ver que não poderiam resgatar seus investimentos quando mais precisavam

Podemos traçar vários erros na parte dos investidores nesta história, e o acontecimento fica de lição para futuras versões desta mesma situação: ganância, impaciência e ignorância do investidor iniciante. Saiba mais neste episódio, baseado num post que escrevi anteriormente.

Continuar lendo “Podcast do Pinguim: a tragédia de ganância e sardinhagem da Atlas Quantum”

Atlas Quantum – uma tragédia de ganância, sardinhagem, e desonestidade

Quando li esta matéria no site do Terra, comecei pensando que era cômico, quase que engraçado, mas terminei sentindo que foi uma história de terror.

No começo, parecia mais um caso de sardinhagem só; algumas pessoas investindo em criptomoedas sem entender e entrando em pânico quando a cotação caiu, e agora reclamando com a corretora por conta das perdas. Porém, ao entrar em detalhes, percebi que o buraco era um pouco mais embaixo, e a sardinhagem mais intensa: pessoas investindo o que não poderiam perder, tentando viver e se aposentar apenas de proventos de criptomoedas e não entendendo os riscos associados com este investimento. E dado o volume de pessoas afetadas, o problema parece que foi bem mais sério do que aparentava na manchete. Foi virando uma espécie de filme de terror.

Quando um grupo de pessoas especula em criptomoedas e assim que as vacas ficam magras e o desespero bate não consegue sacar o seu dinheiro, quais são as lições que podemos tirar? Eu consigo identificar pelo menos quatro erros cometidos pelos investidores nesta história triste.

Continuar lendo “Atlas Quantum – uma tragédia de ganância, sardinhagem, e desonestidade”