“Cash Cow” e a estruturação defensiva do patrimônio

No mundo da IF, os objetivos-base são simples. A meta é obter um patrimônio que, retirando até 4% por ano, lhe traga uma renda suficiente para cobrir suas despesas com uma margem de segurança incluída.

Embora existam várias alternativas para alcançar o objetivo, é frequentemente mais eficiente estabelecer regras simples para acumulação de patrimônio, e simplesmente aumentar a intensidade das regras seguidas enquanto evolui.

Neste post, apresento uma técnica que pode ser utilizada defensivamente para aumentar o patrimônio e também aumentar a renda passiva disponibilizada por ele. É uma técnica que apelidei de cash cow, e consiste em formar uma fonte de renda passiva defensiva e utilizar da renda desta para crescer o patrimônio.

Fundamentos

Uma das inspirações para a técnica do Cash Cow foi o meu mentor, que havia me contratado pra trabalhar na empresa de serviços de TI que abrira com outros dois sócios. Inicialmente, esta empresa não havia nenhuma fonte de renda para se sustentar (se encontrava na fase de procurar contratos e clientes), e mesmo assim contava com um pequeno número de empregados especializados do mesmo jeito.

Intrigado pela situação, perguntei ao meu mentor como que tal empresa conseguia manter um fluxo de caixa sem ter renda. Seria endividamento? Sobras do capital inicial dos sócios? A resposta dele me surpreendeu.

Segundo ele, a empresa não se endividava nem gastava o capital investido porque havia um truque dentro na manga. Um dos sócios possuía (sob o nome da empresa) um terreno extenso no Sul onde plantava eucaliptos. Estes eucaliptos tinham um ciclo de crescimento até corte de alguns anos, mas uma vez completo, estes eram vendidos a empresas de papel e celulose por um bom lucro.

Este lucro ia para o caixa da empresa, e era suficiente para cobrir os gastos e salários dos empregados durante pelo menos mais um ciclo. Assim, mesmo que a empresa não tivesse contratos por um tempo, os custos operacionais estavam cobertos. O terreno de eucaliptos era a cash cow da empresa.

Criando a sua cash cow

Enquanto muitos não têm como adquirir uma fazenda de eucaliptos como a do exemplo, veja como uma estratégia parecida pode ser realizada usando fundos de investimentos imobiliários (FIIs).

Alocando-se uma proporção significativa da carteira para FIIs, se obtêm as seguintes vantagens estratégicas:

  • Dividendos são distribuídos mensalmente, ao invés de trimestralmente ou semestralmente.
  • A liquidez é boa o suficiente para conseguir realocar o patrimônio com rapidez suficiente.
  • O mercado de FIIs é menos volátil que o de ações, e constância maior pode ser mais esperada.

O objetivo primário destes FIIs não é o crescimento do patrimônio, mas sim de gerar um fluxo de caixa frequente, e que podem ser alocados rapidamente para outros investimentos de crescimento; serão a sua cash cow. Ações vêm à mente, mas poderiam ser, igualmente, a renda fixa ou títulos públicos.

Claro que, de início, é desejável o reinvestimento dos proventos de volta para estes FIIs para que eles cresçam rapidamente até a proporção desejada de fluxo de caixa.

Conclusão

Possuir um ativo cash cow, não necessariamente sendo ações ou FIIs na bolsa, é um conceito importantíssimo para o investidor. É uma forma de proteger o crescimento do patrimônio mesmo quando se fica temporariamente sem renda, ou na recessão da bolsa.

O método de FIIs é interessante por causa da periodicidade dos dividendos e não requer tanto capital para começar, mas não é o único método; se você já possui algum ativo ou outro bem que poderia ser transformado numa cash cow também poderia aplicar de forma parecida.

E finalmente, não parece que eu fui o único que pensei desta forma. O Pitmoney fez um vídeo junto do Primo Rico aonde ele explica a estratégia da carteira dele, e não pude deixar de notar a semelhança:

Abraços!

Anúncios

7 comentários sobre ““Cash Cow” e a estruturação defensiva do patrimônio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s